segunda-feira, 9 de agosto de 2010

PRESENTE DE ANIVERSÁRIO



Não sei o que acontece...

Ele sabe exatamente como exercer o seu poder de persuasão sobre o meu corpo.

Quando cheguei onde se encontrava... Fingi não perceber qual era a sua verdadeira intenção.

Em palavras desencontradas, fazendo-me de dissimulada fui entrando em seu joguinho erótico.

No dia anterior, tinha sido o seu aniversário, lembrei, mas não fiz questão nenhuma de ligar.

O parabenizei de um jeito formal...

Puxando-me pelo braço, disse-me que desejava um parabéns diferente e acariciando todo o meu corpo e roçando o dele ao meu, demonstrando todo o seu tesão.

Sentei-me na cadeira e deslizando minha mão em seu membro teso, iniciei um delicioso boquete sem nenhuma pressa.

Ao olhá-lo, percebia seus movimentos faciais, mordia os lábios me chamando de puta.

Não me importo, pois acho uma maneira carinhosa de ser chamada em momentos íntimos.

Conforme eu o abocanhava, deslizava minha mão em toda a extensão de seu cacete e massageava com o polegar.

Meu cafajeste ia ao devaneio com cada gesto que fazia sobre o seu membro em riste.

Após longos minutos dessa maneira, o seu gozo veio inevitável, derramando entre meus lábios, brindando mais um ano de puro tesão!

Ao me levantar, dei-lhe um beijo no rosto selando a nossa comemoração.

Além de cafajeste é muito cachorro... E adora as nossas putarias!

Nenhum comentário: