domingo, 9 de maio de 2010

A LOIRA E O NEGÃO


Dizem que os opostos se atraem...

E é verdade!

Apesar da minha idade, tenho um ímã para homens mais jovens.

Sou branca, cabelo loiro mel... E o que tem de negão atrás de mim.

Já vivi outras experiências antes, mas dessa vez foi diferente, pois o tamanho era não, é descomunal.

Se duvidar passa dos vinte e cinco centímetros.

As camisinhas rasgavam na tentativa de colocá-las, quando finalmente uma se acomodou em seu cacete lustroso.

Aquilo mas se parecia um cacetete!

O pau me adentrava, batia no fundinho de meu útero... E ainda ficava uma boa parte para fora.

Quanto mais ele me socava, sentia o suor escorrendo pelo seu corpo, estava ensandecido, pois há meses me assediava para ficarmos juntos.

Homem negro adora ver a rola preta adentrando em uma buceta lisinha e rosada e sentem o maior tesão.

Suas mãos grandes passeavam em meu corpo, percebia o contraste de nossas peles.

Variávamos as nossas posições...

Sombras desenhavam os contornos de nossos corpos e o tamanho de nossa excitação.

Verdadeiramente uma mistura eletrizante de gemidos e gozos!

4 comentários:

Junior disse...

Como eu queri ser esse negão,pra gozr gostoso com vc .

Marqês Rocco Sade disse...

É de arrepiar seus contos. Imaginei agora uma loirinha com uma tora monstruosa rasgando lhe o ventre. bjs

Rafaelsilva Fonseca disse...

Como que que fose eu para comer o cuzinho dessa loira bem gostoso

Rafaelsilva Fonseca disse...

Como que que fose eu para comer o cuzinho dessa loira bem gostoso