domingo, 7 de junho de 2015

Dança erótica



O meu corpo relaxa para receber o seu...
Em uma dança frenética e sensual.
No rebolado fazendo o escarcéu...
Devorando-te no prazeroso sexo anal.


O teu membro mais do que rígido...
Deixando-o feito barra de ferro, tinindo.
Batendo com força, compassos rítmicos,
Sentindo a sua respiração ofegante, louco.


É assim que me deseja na cama uma puta,
Sem algum resquício de pudor, pernas abertas.
Com o espírito livre... Doce e liberal...
Os meus buracos abrindo de modo consensual.


A dança erótica te envolve e contagia,
Indo de encontro ao pedaço de carne teso.
Gemidos emoldurando os movimentos sinuosos,
Os nossos fluídos se misturando, completa a magia.



video

Nenhum comentário: