domingo, 7 de fevereiro de 2010

VALENTE ( ANAL )



Vai com força puxando o meu cabelo em toda a perfeição,


Analisando cada entrada, desbravando-me e me invadindo.


Latejando tuas veias, sentindo a explosão, no corpo a sensação.


Entregue aos nossos gemidos e loucos devaneios.


Nada de censura, no cuzinho metido sem algum rodeio.


Tirando o leite, sendo a mais ardorosa devota do mastro teso,


E recebendo estocadas no rabinho valente, a tua ladainha eu rezo.

5 comentários:

Poeta69 disse...

Essa tua reza embala!!!

Luis disse...

É bom imaginar os cabelos, ligeiramente molhados... o corpo a pedir essas estocadas... uma voz de desejo...
Delicioso sem dúvida o poder de cada palavra sua Fabby... Continua me encantando a cada dia mais. Em todos os aspectos...

Stein Haeger disse...

Femea presente em minhas fantasias, imagino todo dia ter um rabo a me morder, desprendida de tabú, tarada pra dar o cú, bela mulher pra fuder.

Piment29 disse...

Eu adoro essa loucura ... Essa sensação ... Puxar cabelo, estocadas fortes ... Ao fechar os olhos sinto teu corpo quente e teu suor escorrendo pelo meu corpo ...

Marqês Rocco Sade disse...

Uallll, chocante anal. Depois de passar o oleozinho, é gostoso bombar um cusinho sedoso. Sentir a fêmea gemer, meter sem dó nem piedade. Pegar pelos cabelos, dar uns tapinhas na cara. E encher de porra, e ver a felicidade escorrer da bundinha. bjs safados