domingo, 20 de dezembro de 2009

MEU MAR (TEU CORPO)


Sonho navegar em tuas águas...
Beber de teu sumo com a minha língua,
Nele sem lucidez me embriagar...
Minha louca sede de gozo saciar!

O teu espírito, a minha alma embevece,
O meu corpo inebria... Estremece!
O meu ser se agita... Entontece,
Em meu louco frenesi e você não aparece!

Meu barco segue sem direção.
Vai à busca do prazer, rumo ao teu tesão.
O que posso fazer estou sem noção?
Se o toque de tua pele não tenho nas mãos!

Está a pique a minha vontade,
Às vezes, até sinto que sou covarde!
Não consigo mudar esta situação,
Sinto indiferença diante do teu não!

Sonho navegar em tuas águas...
Beber de teu sumo com a minha língua,
Nele sem lucidez me embriagar...
Minha louca sede de gozo saciar!

Os desejos seguem contra a correnteza,
Nos teus olhos, queria ter a certeza.
Não podemos infligir a nossa natureza,
Queria a tua língua em mim... A tua delicadeza!

Noite clara... Incendiada pelo luar,
Vou navegando... Até em teu cais atracar.
Revitalizar o êxtase sem engano...
Alcançar enfim o teu oceano!

O meu desejo entregue ao teu corpo:
O meu seguro cais!
O meu desejo entregue ao teu corpo:
Os meus desejos carnais!

Sonho navegar em tuas águas...
Beber de teu sumo com a minha língua,
Nele sem lucidez me embriagar...
Minha louca sede de gozo saciar...

2 comentários:

Luis disse...

O sonho comanda a vida!
E a vida nos permite realizar muitos sonhos. Alguns até que pensamos serem impossíveis...
Beijos

JUNIOR E KIKINHA disse...

Vamos Multiplicar o Amor

Que nossas mãos possam ser portadoras

de paz..
de afagos..
de carinho...

Que escorra delas os mais límpidos sentimentos..
de bálsamos..
de alívio..
de força..
de luz...

Que possam ser espraiados na terra árida..
fazendo germinar o amor entre as pessoas..
Multiplicando cada melhor essência de nós..
Fazendo-nos fortes ao meio à tempestade..

Deixando-nos ver o sol que nasce..
que rompe a noite..
que se faz dia..
que se faz belo..
que se faz vida!
que se chama amor...

Feliz Natal e Prospero Ano Novo