sábado, 20 de março de 2010

DELICIOSA PUTARIA COM TRÊS MACHOS

Depois daquela tarde de domingo em que ficamos os três: Fábio, Rodrigo e eu, minha vida mudou completamente.

Ao meu prisma o sexo já era visto de maneira diferente, não como algo sujo ou pecaminoso.

Se for para termos prazer, por que não compartilhar com mais de uma pessoa? Usando de responsabilidade e tomando os devidos cuidados com a saúde.

Cansava de ficar com tesão e nada de Fábio aparecer. Já com Rodrigo, tinha mais possibilidade, quando não era um era o outro. Combinavam entre si. Até que meus dois machos se davam bem e não rolava mais o ciúme.

Na noite de sexta-feira, saímos os três para a balada, dançávamos juntos, fincando entre eles, formando um delicioso sanduíche. Mãos bobas passeavam em meu corpo. E os dois me beijavam sem o menor pudor.

As pessoas nos olhavam um pouco horrorizadas com as cenas que protagonizávamos. Não estava nem aí. Queria mesmo era me divertir.

Com isso ficamos com mais tesão, os homens me olhando, faltando-me comer com olhos. Também era chamada de puta. Era sim, mas de quem estava comigo.

Fábio e Rodrigo estavam mais excitados do que eu com toda aquela situação. E para mostrar que eram os meus donos me beijavam deliciosamente.

Os dois não tiravam os olhos de mim e outras mulheres bem que tentavam lhe chamar a atenção. Mas nada! Eles me queriam!

Estávamos molhados de suor, a lascívia escorrendo pelos corpos... Quando decidimos voltar para a casa de Fábio, já que Rodrigo ainda morava com os pais.

No caminho de volta, fiquei no assento de trás com Rodrigo e Fábio nos observava.

Com a bunda para cima, comecei a chupar o cacete suado de Rodrigo que já babava em minha boca.

Fábio tirou o seu para fora e começou a punhetá-lo.

Não demoramos a chegar a casa, como era de madrugada, o trajeto estava calmo.

Minha buceta e meu cuzinho ansiavam para ser penetrados!

Para nossa surpresa, avistamos um vulto sentado em frente a casa.

Ao nos aproximar, Fábio reconheceu o irmão: Fernando, que tinha brigado com a mulher e fora para lá sem avisar que iria dormir.

Fernando de vez em quando fazia isso. Ele era cinco anos mais velho do que Fábio.

- O que faremos agora? – quis saber Rodrigo.

Ficamos alguns segundos olhando um para o outro.

- Onde cabem dois cabem três! – respondi toda satisfeita.

Fábio e Rodrigo sorriam e Fernando não entendeu nada.

Não me fiz de rogada, alisando o cacete de Fernando por cima da calça...

- Vem aqui que eu te explico direitinho. – falei cochichando em seu ouvido.

Fábio abriu a porta para que pudéssemos nos acomodar.

Enquanto ele acalmava o irmão, Rodrigo e eu fomos para o banho continuando a nossa brincadeirinha.

Não consegui esperar por Fábio, meus gemidos foram povoando a casa, pois Rodrigo metia com afinco em minha bucetinha gulosa.

Não ouvia mais as vozes de Fábio e nem de Fernando.

Como o banheiro era no final do corredor não nos preocupamos m trancar a porta. E para quê?

Gozei como uma cadela encaixada no quadril de Rodrigo, com ele me apoiando na parede. Desde o inicio da noite era isso que meu corpo pedia.

Ofegantes e com os olhos abertos, percebi a presença dos irmãos ali.

- Bem que eu olhava essa tua amiguinha. – disse Fernando.

Os três não me deram um pingo de descanso. E quem queria descansar com eles ali comigo?

Naquela madrugada o calor era intenso, então achamos melhor ficarmos na área da piscina.

Fábio tirou a roupa e chamou o irmão para fazer o mesmo.

Os dois se colocaram em minha frente para que eu pudesse chupá-los à vontade. Rodrigo não resistiu, mesmo já tendo gozado.
















Fiquei admirando os cacetes em minha frente. Como poderia ser tão puta? Creio que isso já estava impregnado em minha essência de mulher ousada e fazia naturalmente. Fábio que era o meu “ficante” aos poucos foi se acostumando com minhas peripécias.

- Você é bem putinha mesmo! Quero ver se vai agüentar a levar pica de três machos! – disse Fábio sorrindo.

Segurei com uma pegada mais forte cada cacete que poderia ter em minhas mãos, chupava e sugava cada um fazendo rodízio em minha boca, deixando os homens alucinados.

Igual a todo homem que se preza, Fábio queria fazer algo diferente para batizar o seu irmão nesta nossa aventura. Como Fernando era casado, a esposa não fazia o cardápio completo, lhe servindo somente o arroz com feijão. Ele sugeriu somente sexo anal, já que o irmão confidenciava que era louco para comer o rabo da esposa, mas ela não aceitava.

















Fernando se acomodou na poltrona e me encaixei sentada com seu cacete em meu rabinho. Era dessa maneira que ele queria comer um cuzinho, pois sentia o maior tesão quando assistia em filmes a mulher cavalgando no mastro do homem. Tendo o rabinho preenchido por uma rola.

Nossa! Que delicia de pau me invadindo, e ainda sendo a primeira vez dele no anal! Isso eleva qualquer tesão.




Subia e descia tendo fincado no rabo o cacete de Fernando com seu irmão assistindo! Enquanto isso, Fábio e Rodrigo enchiam a minha boca com seus cacetes em ristes esperando por sua vez.

Nessa noite fui totalmente puta, estava ali somente para servir a três homens e saciá-los em sua fome de sexo e de orgia.


Meu cuzinho foi penetrado várias vezes, por picas tão insaciáveis e alucinantes. Eles me pegaram de todas as maneiras que uma mulher poderia desejar: sentada, de quarto, de lado... Fazendo-me gozar igualmente a uma cachorra, tendo meu orifício invadido.

Com Fábio e Rodrigo era uma delícia e agora com Fernando, meu lado puta e vadia aflorou ainda mais.



Qual mulher que tem esse previlégio de possuir amigos leais?








No início Fernando foi meio áspero, mas logo percebeu o verdadeiro sentido do que estávamos praticando e a cumplicidade em nosso olhar.

Fábio, Rodrigo e eu tínhamos um segredo agora compartilhado por ele.

Ao menos uma vez por mês, Fernando inventa uma nova briga com a esposa, para que ele possa passar a noite na casa do irmão.

Espertinho ele... Vocês não acham?

4 comentários:

Luis disse...

As situaçoes com mais gente me fazem lembrar situações vividas... Sem dúvida uma delicia poder te ler Fabby... E poder ser "amigo" seu aqui do blog.
Continue... me delicia mais e mais...
Beijos

helton disse...

adorei minha loira gostosa

helton disse...

adorei faby minha loira gostosa

Anônimo disse...

Que inveja... rs... três comendo uma só e eu hj sem meu gostosinho aqui pra me foder e me chupar até amanhecer...