domingo, 4 de abril de 2010

NÃO SEI O QUE ACONTECE COMIGO...


Atraio olhares de desejo e de cobiça.

Alguns mais ousados se aproximam, deixando o número do telefone que não irei ligar.

Pareço que sou um poço de lascívia e que em meus poros exalam o tesão que tento esconder em minha alma.

Em cada rosto tento encontrar algum traço seu.

Aí vem a decepção!

Queria teu olhar de desejo sobre o meu corpo, sentir o cheiro de tua pele e o calor de teu corpo.

Minhas horas são vazias e os dias são sempre mais extensos sem a tua presença.

Pode parecer meio clichê, posso estar com amigos, mas sinto a tua falta, imaginando você aqui comigo, tocando cada pedacinho meu.

Não imaginei que as madrugadas poderiam ser tão frias neste outono, aqui em meu cantinho sozinha.

Não entende o que sinto, poderia estar com qualquer um, mas é o teu corpo que desejo... Realizar nele todos os meus gozos.

Existe uma nuance diferente quando nos encontramos, uma química legal paira em nossa excitação.

Realize...

Todos os meus fetiches, amarrando-me sobre minha cama, imobilizando-me com a luxúria transfigurada em teu rosto.

Fazendo-me a tua presa, atando os meus pulsos... Deixando-me a mercê de tuas fantasias.

Revele-se...

Venha de novo ao meu encontro, é disso que preciso neste momento, conjugar todos os meus gemidos de prazer...

Sentir jorrar o teu leite lactente em minha boca na fome de teu gozo...

Fazer-te inundar o meu valente (cuzinho), esporrando com raiva e vontade, levando tapas com tuas mãos fortes em minha bunda, deixando-a vermelha.

Quero ter os teus puxões em meus cabelos, contigo cavalgando encaixado em meus quadris...

Possuir no corpo a realização inebriando com uma essência de anis.

Basta somente você desejar...

4 comentários:

Rodrigo e Nina disse...

Sortudo!!
rs

bjs
Rodrigo

Luis disse...

Que delicia Fabby... Sorte de quem for o eleito nesse texto.
Adoraria...
Beijos e uma noite maravilhosa para você.

Alvaro disse...

Já estava na hora de existir um lugar onde a gente pudesse desabafar tudo que sente no sexo...
sem se sentir tolhido ou envergonhado, não sei bem se a proposta do blog seria essa, mas eu me sinto muito à vontade aqui !
um beijo !

Alvaro disse...

pois é, esqueci de dizer que essa tua narrativa me deixou com muito tesão !
você tem o dom de excitar um homem à distância, sua danada !
Imagina de perto...
se eu te pego de jeito...
daí você vai ter muito assunto pra colocar aqui, viu ?
isso se eu largar você !ahahahahah !