segunda-feira, 28 de março de 2011

EM NOSSO ENCONTRO


Trate-me com carinho quando me encontrar...

Em nosso encontro quero ouvir todo o enredo de teus palavrões a me excitar e a me incitar a morder o teu membro rígido.

Mas na hora h seja descarado... Subversivo... Trate-me como uma puta que acabara de pegar na rua.

Imponha-se!

- O que você é? – Pergunte-me.

- Sou a tua cachorra... A tua puta...

Mostre aos homens que me cobiçam que você é o meu homem...

O macho que penetra em todos os meus orifícios.

Faça-me entregue ao teu corpo... Mescle em mim à submissa e a domme... Gosto de ser assim com você.

Por tuas palavras dominadas... Por tua boca sugada...

A tua língua tesa em meu anel fincada, para com zelo ser mordida.

Você é o macho que me fode... És ao homem que tem o poder de me possuir...

Obstrua a minha sensibilidade... Aniquile todas as minhas fantasias devassas...

Amo quando me penetra e deixa sobre-cair o teu peso sobre o meu corpo.

Quando sinto as tuas enterradas em minha bucetinha que fica chorando pelo gozo teu...

Nossos movimentos revirando os lençóis deixando as marcas espelhadas por nosso antro de sexo...

Deixe seus rastros em minha pele branca com os atritos de tuas mãos a me bater!

Fodendo-me com prazer... Enrolando meus longos cabelos em suas mãos, encaixando em meus quadris, como fosse a tua sela.

Cavalgue-me... Espanque-me...

Sou a tua puta... A branca que ser serve como presente para você, como se fora um animal a ser abatido por tua longa ferramenta.

Sinto prazer...

Tenho prazer com a dor que percorre em meu corpo, quando sou fodida com veemência...

Com tuas palavras desordeiras penetrando o meu apertado orifício rosado.

Realizo-me quando ao transe nos entregamos a um gozo primordial e viajamos por outras dimensões desconhecidas!

Ao sentir o teu cacete latejar no mais profundo de minhas entradas, revelando a verdadeira sensação que podemos sentir encaixado ao corpo um do outro.

Aqui dentro de mim, sinto que tu és o meu homem... O que me dar prazer...

E assim serei para sempre a tua puta...

A branca que adora sentir o teu cacete:

Em minha boca gulosa!

Em minha bucetinha apetitosa!

Em meu cuzinho delicioso!

Fazendo assim uma gostosa salada sexual,

Onde misturamos desde o papai e mamãe até o anal!

Um comentário:

Mulher Sexy disse...

Hummmmmmmmmmm que conto mais safado e gostoso...
Gostei daqui por isso vou ficar e apreciar... Sinta-se a vontade para me fazer uma visita, sou nova por aqui!
Beijo e boa semana e que ela seja repleta de "encontros".