quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

VERTENTE EM MINHA BOCA




O teu sexo,

Entre meus lábios

Toma abrigo.

Bebo o teu líquido...

Vertente em minha boca.

O espumante...

Que me embriaga,

Deixando-me louca.

No teu sabor alucinante!

Um comentário:

eroticamenteincorreto disse...

Assim eu nem penso em dizer não. Seja feita a tua vontade.